3º Brunch Weekend abre os festivais outonais em São Paulo.

Créditos Mario Rodrigues

Créditos Mario Rodrigues

Estive no último sábado, no Clos Restaurante para o lançamento de um dos eventos que mais gosto do outono, na Capital Paulista, o Brunch Weekend. E esta terceira edição, não poderia estar melhor, sinto que a cada ano ela está mais caprichada! O conceito Brunch, ganha mais adeptos a cada ano, e a idéia de misturar café da manhã com almoço, para mim tem a cara de SP.

O festival que teve inicio no dia 01 de abril, acontece este ano em 25 endereços, dentre restaurantes, pubs, bares, hamburguerias e pâtisseries – da cidade, das 11 às 17 horas, dependendo dos dias e dos horários de funcionamento da casa. Cada participante montou ym menu de brunch, exclusivo, pelo preço fixo de R$ 49 (1 drinque Chandon incluso).

A ideia é trazer para São Paulo um pouco da cultura e do estilo nova-iorquino do brunch. O pequeno almoço tardio, perfeito para os dias de preguiça, em que se acorda mais tarde, trará itens típicos de café da manhã (pães, bolos, sucos, frutas, geleias), os clássicos do brunch americano (panquecas, muffins, french toast, cinnamon rolls), mas também pratos mais reforçados (batatas, ovos com bacon, ovos Benedict, Croques Monsieur e Madame). Para celebrar, espumante Chandon, que patrocina, desde a primeira edição, o festival, em drinques como Chandon Mimosa (suco de laranja com espumante) e uma versão colorida, o Chandon Pink Mimosa, novidade da temporada, coquetel que reúne Chandon Passion, Grapefruit (toranja) e morangos. Os chefs darão, ainda, um toque tropical ao evento, com ingredientes locais, como pão de queijo, goiabada, tapioca e até delícias do litoral brasileiro, como lagosta (caso do menu do Cateto Artesanal). Festival cosmopolita, para celebrar as delícias da vida, sem pressa.

CATETO_créditos Mario Rodrigues

Dentre os estreantes desta edição estão a chef Janaina Rueda, do premiado Bar da Dona Onça, do Edifício Copan, no centro da cidade; o francês Sympa, dos Jardins, sob o comando do chef revelação Thiago Cerqueira; o Jacarandá, restaurante de alma sul-americana e que reúne, em seu espaço em Pinheiros, também um armazém, com pães e sorvetes artesanais e itens de pequenos produtores; o Sarrasin, da Vila Olímpia, casa especializada em galettes e crepes. Espaços inusitados e inspiradores para um brunch, como o LM09, de Moema, que reúne bar, loja, oficina de motos e barbearia; o Caffé Ristoro, que fica num casarão histórico na avenida Paulista, no espaço cultural da Casa das Rosas, e ainda redes premiadas como a PÃO (Padaria Artesanal Orgânica), do chef Rafael Rosa, com loja recém-inaugurada no prédio da Bienal, no Parque do Ibirapuera; e o italiano MoDi Gastronomia, do chef Diogo Silveira, com a loja do Shopping Morumbi. Para encerrar a edição em grande estilo, a chef Danielle Dahoui oferecerá um menu especial de brunch, dentro da programação do festival, nos dias 22, 23, 29 e 30/04, no bistrô Ruella, da unidade Mário Ferraz, no Jardim Europa. 

Participam da 3ª edição do Brunch Weekend as seguintes casas de São Paulo: Ale Tedesco Bakery, Antonietta Cucina, Bar da Dona Onça, Caffé Ristoro (da Casa das Rosas), Camden House, Cateto Pinheiros, Clos, Condessa Bistrô, D’Macarons, Jacarandá, La Cucina Piemontese, Laundry Deluxe, LM09, Mercearia do Conde, MoDi (Shopping Morumbi), PÃO (Parque do Ibirapuera), Paribar, Restrô, Ruella (unidade Mário Ferraz), Saint Decor Café Bistrô, Sandoui, Sarrasin Bistrô, Sweetshop e Sympa.

Queridissimos, este evento é imperdível e valerá cada centavo neste outono paulista! 

Enjoy!

Serviço

Brunch Weekend

Tel. 11 3086-3550

Instagram: @brunchweekend

Facebook: /BrunchWeekend

Projeto leva bikes de marcas de comidas para os metros de SP .

Acabei de conhecer um projeto muitoooooooooooo legal e super criativo, como a vida deve ser! O empresário Marco Joseph Madjar, traz para a cidade de São Paulo o Circuito Natural de Rua, uma idéia que proporcionará oportunidades de emprego para pequenos empreendedores venderem seus produtos em bicicletas customizadas.

localizadas em lugares de alto fluxo, como nos metros, parques e principais ruas da cidade, o projeto que traz uma nova maneira de empreender, unindo sustentabilidade, mobilidade e interferência urbana, levando experiências de algumas marca gastronômicas para milhares de pessoas que circulam nestes locais. E o mais legal dá pra fazer parte deste time com baixo investimento e rápido retorno.

CIRCUITO NATURAL DE RUA_foto de Flavio Teperman

Através de uma mensalidade, o participante do projeto como um todo, recebe uma bicicleta em comodato que será personalizada com a identidade visual da marca e contará com o suporte e organização do Circuito Natural de Rua, como manutenção e logística além de todo o apoio em ações de vendas e divulgação da marca. “É a melhor maneira de fazer ações de marketing, lançamento de produto com milhares de pessoas diariamente tendo acesso a marca e produto e com a possibilidade de retorno de investimento, pois é um ponto de venda com ativação”

O projeto acabou de ser lançado e já está nos maiores pontos de fluxo da cidade de São Paulo – na Estação Sé, Consolação, Tatuapé e Parque Villa Lobos, com marcas como Frooty Açaí, Brigadeiro Café, Cake Patisserie e Atelier do Bolo. Em breve estará também nas estações Vila Madalena e Santa Cruz.

O Circuito Natural de Rua contará ainda com materiais de comunicação, calendário e roteiro para saber em qual estação as bikes estão, além de preços, promoções e a possibilidade de fazer encomendas.

 Quer saber mais? Clica aqui!

 

Chef Gilles Tournadre, em São Paulo!

nota-chef

Atenção leitores Foodies! Vai rolar na próxima semana em São Paulo, a primeira edição do evento “A Mesa dos Chefs”, e o primeiro convidado é o genial chef francês Gilles Tournadre que está à frente do famosérrimo restaurante Gill, em Rouen, que atualmente ostenta duas estrelas no Guia Michelin.

Durante os dias 14, 15 e 16 o chef transformará o restaurante Eau, que fica no Hotel Grand Hyatt São Paulo, na sua própria cozinha, com a intenção de oferecer uma verdadeira experiência gourmet para os amantes da boa mesa francesa, e do conceito Artfood.

Abaixo o menu maravilhoso, que dar literalmente água na boca;

Les noix de Saint-Jacques poêlées, radis Façon « Pickles », houmous de betteraves, salade de cœur de palmier
Vieiras de Picinguaba salteadas, picles de rabanete, húmus de beterraba, salada de pupunha

Le filet de bar au Cidre, chutney de pommes aux oignons, crème mousseuse au Calvados
Filé de namorado na cidra de maçã, chutney de Grany Smith, cebola assada, espuma de creme ao calvados

L’émincé de Bœuf mariné et légumes du moment dans un bouillon thaï
Emincé de wagyu marinado, legumes orgânicos do jardim, consomê de especiarias asiáticas e capim santo

Le filet de canard laqué aux épices, caviar d’aubergine au curry noir, façon Tandori
Filé de pato laqueado, caviar de berinjela ao curry preto caseiro, redução de tandori

Millefeuille à la Vanille Bourbon
Milfolhas de baunilha Bourbon

Vacherin légèrement meringué à la pâte citron et aux fruits exotiques
Vacherin merengue, creme de limão siciliano e frutas exóticas

Outros três jantares da série estão previstos para os meses de maio, setembro e novembro, com chefs que estão se destacando no mundo inteiro, não necessariamente só na França, mas em outras regiões como Itália, Espanha e Inglaterra.

Evento imperdível!

Serviço
A Mesa dos Chefs com Gilles Tournadre

Dias 14, 15 e 16 de março, às 20h30

Hotel Grand Hyatt São Paulo

Valor : R$ 650 por pessoa

Reservas : (11) 4111-8747 e www.foodpass.com.br

Águas de Janaina reunirá comidas populares e música em frente ao Copan

E tem baladinha gourmet muito boa para este inicio de fevereiro. Quem não conhece o maravilhoso Bar da Dona Onça, no centro de SP, da chef Janaina Rueda?!? Se você ainda não conhece, não pode perder a chance de celebrar os 09 anos do lugar, no próximo dia 13 com a tradicional festa Águas de Janaina.

Niver Dona Onca

A super festa está programada para começar às 17h, com uma série de convidados e participações especiais, como a presença dos chefs Carlos Ribeiro, do restaurante Na Cozinha e a yabassé Dona Carmem Virginia dos Santos, do restaurante Altar, o Pai Everaldo e seu grupo de Afoxé de Recife, com oito integrantes. Além disto, samba de roda e escolas de samba de São Paulo.

image001

No estilo comida de rua, serão servidos caldo de sururu, casquinha de siri e pastel de bobó de camarão (R$ 15, cada). Como prato, Arroz de Frutos do Mar (R$ 25) e as sobremesas Cocada Mole e Canjica (R$ 10, cada).

Para beber, Piña Colada e o coquetel especial Yemanjá, que leva espumante, curaçau blue e flores comestíveis, o Jurema que leva vinho e ervas (R$ 15, cada), e cerveja (R$ 10).

Vai ser impossível ficar de fora desta festa. My Fashion Life irá conferir!

BAR DA DONA ONÇA

Avenida Ipiranga, 200 lojas 27/29 Tel.: (11) 3257-2016

Horário de funcionamento: Segunda a Quarta das 12h às 23h, Quinta a Sábado das 13h à 0h e aos Domingos das 12h às 17h. Cartões de Crédito e Débito: Redecard, Visa e Amex. Capacidade: 80 pessoas. Acesso para deficientes. Ar condicionado.

 

 

Festival Off Deluxe oferece alta gastronomia orgânica

off deluxe

O Organic Food Fest que esta rolando desde o dia 28/01 até 12/02/17, vêm com a proposta de propagar a  alta gastronomia orgânica. Serão 40 restaurantes participantes; chefs paulistas e cariocas estão participando com mais de 200 receitas inéditas e sustentáveis.

Será a 3ª edição do Off , o único festival da alta gastronomia à base de orgânicos do Brasil, e a primeira versão deluxe. Com a proposta de uma verdadeira opção sensorial e degustativa, chefs criaram um menu-degustação exclusivo de, no mínimo, 5 tempos com metade dos ingredientes de origem orgânica, proveniência agroecológica ou de pequenos produtores. O menu terá o preço fixo de R$ 150 (por pessoa), em São Paulo, e R$ 180, no Rio, já incluindo uma taça de drinque – alcoólico orgânico, como vinho, ou um soft drinque da casa – como cortesia.

Em São Paulo, o premiado gastropub inglês Camden House, do Itaim Bibi, o contemporâneo Nambu, de Higienópolis, o italiano Vinheria Percussi, de Pinheiros, o tradicional árabe Farabbud e o francês Pimentel, ambos de Moema, o bistrô Ruella, da unidade do Jardim Europa (rua Dr. Mário Ferraz), da chef Danielle Dahoui (apresentadora do reality “Hell’s Kitchen – Cozinha Sob Pressão”, do SBT) são alguns dos estreantes desta edição, que vão adaptar ou ampliar seus menus de base orgânica para atender às regras do festival.

Do Rio de Janeiro, participam do festival: o Arab, tradicional árabe de Copacabana, o português Mensateria, na Barra, o vegetariano Org Bistrô, da chef e nutricionista Tati Lund (apresentadora do Comida.Org, no GNT) e o de culinária tropical brasileira, o Capim Santo, da premiada chef Morena Leite, novidade no Village Mall, também na Barra da Tijuca.

off1

Toparam, ainda, o desafio os seguintes restaurantes de São Paulo:  All Seasons (restaurante do Golden Tulip Paulista Plaza), Alma Rústico, Amaranto, Antonietta Cucina, Attimo, Base Bistrô e Bar, Bar da Dona Onça, Bossa, Blú Bistrô, Café Journal, Canvas Bar & Restaurante (restaurante do Hotel Hilton Morumbi), Chez Vous, Clos, Condessa Bistrô, Eau French Grill (Grand Hyatt São Paulo), Espaço L’atelier (restaurante do Sheraton São Paulo WTC Hotel), Felix Bistrot, Friccò, Hub, Jacarandá, La Piadina, Le Bou Bistrô, Maria Escaleira Restaurante Polonês e Vodka Bar, Randa Especialidades Árabes, Ristorantino, Vinarium Vino & Cucina e Vino!. Na maioria dos casos, em edições anteriores, os chefs bateram as metas mínimas e conseguiram apresentar pratos de 80 a 100% orgânicos.

O evento tem, ainda, uma ação solidária. A cada menu vendido, o restaurante oferece ao cliente a oportunidade de contribuir com R$ 2 a mais em prol da associação comunitária Monte Azul (www.monteazul.org.br ). Fundada em 1979, a ONG atua na periferia de São Paulo desenvolvendo importantes projetos de saúde e reeducação alimentar, como a implantação de hortas orgânicas próprias em comunidades carentes.

Criado pelo empresário alemão Matthias Börner, grande entusiasta do mercado de orgânicos, o festival visa disseminar o uso de alimentos orgânicos na alta gastronomia e fomentar o setor no Brasil.

Mais informações, clica aqui!

Serviço:

Organic Food Fest (Off)

Tel. 11 97390-6888
Facebook: /organicfoodfest
Instagram: @organicfoodfest
Twitter: @organicoff

Os melhores de 2016 by My Fashion Life!

Literalmente 2016 foi um ano exaustivo, principalmente para nós “pobres” brasileiros; Olimpíadas, impeachment e a lista é longa….quem não chorou, perdeu emprego, adiou as férias, etc…não viveu 2016….rs….Mas felizmente já estamos em 2017, com a mágica (ainda) sensação de um recomeço.

Todo inicio de ano, eu elejo os meus melhores do ano que passou; lugares que conheci viagens que fiz, comidas que provei, filmes que assisti, etc….sempre com a intenção de compartilhar com meus leitores e amigos as descobertas boas que o destino reservou para mim…espero que gostem e que 2017 seja melhor, muito melhor para todos nós!

Melhor filme

me-before-you-2016-1

Ok muita gente vai discordar, e eu sou até capaz de concordar com a discórdia alheia, rs…mas eu sou uma romântica incorrigível, e a minha escolha vêm de dentro, do que eu senti ao ver a história etc… Então de tudo que assisti pra mim o filme Me Before You (Como Eu era entes de você) foi o meu drama/romântico eleito.

A história é assim; A jovem e peculiar Louisa “Lou” Clark transita de emprego a emprego para ajudar a sustentar sua família. Entretanto, sua atitude alegre é testada quando se torna cuidadora de Will Traynor.

Ahhhh é demais, o Sam Claflin é gato, daqueles de perder o fôlego e a Emilia Clarke realmente me surpreendeu; engraçadíssima! Se você ainda não assistiu, leve o lenço e renove suas esperanças em uma linda história de amor!

Melhor Restaurante

Jun Sakamoto

jun_01

Sãp Paulo é uma cidade que congrega cerca de 800 lugares que oferecem a irresistível gastronomia nipônica….este ano eu finalmente pude conhecer profundamente o pequeno espaço; 36 lugares – doze no balcão, e, destes oitos serão atendidos pessoalmente pelo chef.

Cozinha que beira a perfeição e serviço impecável. A melhor dica é o seu menu degustação, que inclui dezesseis sushis, como o de vieira carnuda maçaricada e o de carapau ao gengibre. Puro refinamento, quando se trata de gastronomia nipônica!

Jun Sakamoto
R. Lisboa, 55 – Pinheiros, São Paulo – SP, 05413-000

Telefone: (11) 3088-6019

Melhor Bebida

Chandon Passion

chandon-passion1-1

Eu experimentei durante o brunch weekend e foi paixão a primeira vista, apesar do gelo no copo (É permitido pedrinhas de gelo para degustá-lo). O diferencial aqui e que torna esta bebida a minha preferida de 2016, é o sabor mais delicado e suave. A cor salmão também é agradável e as borbulhas são muitasssssssssssss. Para resumir é o drink ideal para estes dias de verão, e se você for compartilhar com o (a) gato (a) ainda melhor, porque é um item essencial para acompanhar momentos românticos…tim-tim!

Melhor prato

Navajas e Zamburinas

navajas

Ahhh eu estava em uma cidadezinha charmosa, na Galícia, chamada Combarro, era uma noite de verão, em um restaurante pé de areia, estava jantando com minhas amigas galegas, tomando um bom alvarinho e de repente chega um pratão lotado de Navajas e Zamburinas, vocês já ouvirão falar destas especiarias? Eu nunca, e foi amor na primeira mordida! Os mariscos exclusivos das Rias Baixas, possui sabor de mar suave, textura macia e definitivamente foram as minhas gratas surpresas palatinas de 2016.

Ta indo pra Espanha? Então tem que provar…….

Melhor sobremesa

Torta de San Telmo

tarta-san-telmo-pili-6

Genteeeeeeeeeeeeeee esta torta é uma coisa surreal. Bem vamos esclarecer você só conseguirá comer esta sobremesa, na pastelaria “El Santo”, na cidade de Tui (Espanha), quase fronteira com Portugal. Podemos considera-la uma bomba de calorias, rs não importa, este verdadeiro pecado é riquíssimo em sua elaboração; creme de baunilha, chantilly, amêndoas brancas, tudo em fartas camadas……uma explosão de sabores.

PS- Vale mencionar que é sobremesa ideal para quem gosta de uma combinação extremamente doce.

Melhor Show

Rolling Stones

stonnes

Este ano foi bem fácil escolher o show que eu mais amei, Rolling Stones em disparada…..Ver o quarteto britânico formado por Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ronnie Wood é um verdadeiro colírio aos olhos. Foi muito divertido, Mick Jagger tem muita energia, que contagiou a todos nós….Nem a chuva insistente atrapalhou esta noite grandiosa, que com certeza foi um dos melhores shows de rock da minha vida!

Melhor Viagem

Barcelona

barcelona

Eu passei quase metade de 2016 perambulando pela Espanha, Portugal e França, e conheci muitas cidades que me encantou, uma delas foi sonho realizado, Barcelona, a cidade realmente impressiona; arquitetura única, verdadeiros presentes para a humanidade as obras de Gaudi, em destaque a Sangrada Família, eu que sou fã de igrejas, esta de todas é a mais deslumbrante que eu já conheci.

Só o passeio pela Sagrada Família, já vale a ida a Barcelona… Mas felizmente tem muito mais para se apreciar; museus, tendas, cafés, restaurante, o bairro gótico, a comida catalã, a Opera Flamenco…..Amei, mas vale ressaltar, Barcelona é mais caro que Paris, então se quiser ser feliz ali, não se esqueça de seus cartões de crédito, de resto o deslumbramento e o entusiasmo serão inevitáveis!

Melhor Livro

Advanced Style

advanced

Blog que virou filme e livro em 2012, e que eu simplesmente adorei!  A obra revela a moda de rua usada por mulheres da terceira idade. O Advanced Style foi criado pelo americano Ari Seth Cohen, que convida o leitor a passear por um universo totalmente inspirador e cheio de estilo. Para os amantes da moda, este livro é quase um “Oasis”… e prova que idade não tem nada haver com estilo e fashionismo.

Melhor Marca

COS

cos

A marca apresentada em Paris pela rámiga Monica Marcucci, que sabe exatamente qual é o meu estilo…estilo que bate de frente com a sueca COS, irmã minimalista da H&M. Suas peças aliam design de alta qualidade com preços acessíveis. Virei fã de carteirinha e trouxe para o Brasil quatro lindas peças….rezando para que um dia a marca aterrisse  em terras tupiniquins…..enquanto isso não acontece, você poderá encontrar nas principais capitais europeias e USA. Enjoy!

Ópera Fosca encerra temporada lírica na Capital Paulista.

fosca_heloisa_ballarini_mg_3681

Para os amantes da boa música lírica, estreia nesta quarta-feira, 7/12, a última ópera da temporada de 2016 do Theatro Municipal de São Paulo: Fosca; composta por Carlos Gomes. As récitas acontecem ainda nos dias 8, 10, 11, 13, 15 e 17 de dezembro – de segunda-feira à sábado, a partir das 20h, no domingo, às 17h.

A montagem inédita é de Stefano Poda, que criou o espetáculo exclusivamente para esta ocasião. O artista italiano assina a direção cênica, a cenografia, os figurinos, o desenho de luz e a coreografia.

Sexta ópera composta por Carlos Gomes, Fosca foi concebida com libreto em italiano (a segunda do autor campineiro). O compositor foi o mais importante autor brasileiro de ópera e o primeiro a ter destaque no meio lírico europeu. Em 2016, celebram-se duas efemérides relacionadas a ele: 180 anos de seu nascimento e 120 anos de sua morte.

fosca_heloisa_ballarini_mg_3935

Além da direção cênica de Poda, as récitas que entram em cartaz no Municipal tem direção musical de Eduardo Strausser, que rege também a Orquestra Sinfônica Municipal (OSM). O Coro Lírico Municipal, sob regência de Bruno Greco Faccio, e o Balé da Cidade de São Paulo participam da encenação. No papel de Fosca se revezam Nadja Michael e Chiara Taigi. Os papeis principais masculinos ficaram a cargo de Marco Vratogna e Leonardo Neiva (Cambro); Luiz-Ottavio Faria e Łukasz Goliński (Gajolo); e Thiago Arancam e Sung Kyu Park (Paolo).

O diretor Poda também estará esta semana nos cinemas brasileiros – a montagem de Fausto (criação dele para a obra-prima de Goethe) integra o festival Opera na Tela, que traz aos cinemas brasileiros o melhor da temporada lírica europeia recente – mais informações deste Festival no site http://www.operanatela.com/2016/opera/fausto/.

Os ingressos para Opera variam de R$ 50 a R$ 160, com meia-entrada para todos os setores. E claro, eu irei conferir!

 

SERVIÇO

Fosca
Antonio Carlos Gomes
7/12 qua 20h | 8/12 qui 20h | 10/12 sab 20h | 11/7 dom 17h | 13/ter 20h | 15/12 qui 20h| 17/12 sáb 20h
Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo
Coro Lírico Municipal de São Paulo
Balé da Cidade de São Paulo
Stefano Poda – Direção cênica, Cenografia, Figurinos, Desenho de luz e Coreografia
Eduardo Strausser – Direção musical e regência
Bruno Greco Facio – Regência do Coro Lírico
Fosca – Nadja Michael (7, 10, 13 e 17/12) | Chiara Taigi (8, 11 e 15/12)
Cambro – Marco Vratogna (7, 10, 13 e 17/12) | Leonardo Neiva (8, 11 e 15/12)
Gajolo – Luiz-Ottavio Faria (7, 10, 13 e 17/12) | Łukasz Goliński (8, 11 e 15/12)
Paolo – Thiago Arancam (7, 10, 13 e 17/12) | Sung Kyu Park (8, 11 e 15/12)
Delia – Lina Mendes (7, 10, 13 e 17/12) | Masami Ganev (8, 11 e 15/12)
Michele Giotta – Carlos Eduardo Marcos
Il Doge di Venezia – Murilo Neves
*Programação sujeita a alterações.
Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos de Azevedo, s/nº
Bilheteria: 3053-2090
Ingressos: R$ 50 a R$ 160 (meia-entrada para aposentados, maiores de 60 anos, professores da rede pública e estudantes)
Capacidade: 1.500 lugares

Chef Morena Leite lança seu sexto livro!

CAPA SANTINHO v11 - MAIOR.indd

Eu sou fã dela, da comida dela e claro de seus livros, sempre com imagens e receitas incríveis, esta semana terei mais um para a coleção.  A chef Morena Leite acaba de lançar se sexto livro, o Santinho – Comida Para Compartilhar (Editoras Gaia e Boccato).

Alimento que nutre fisicamente, emocionalmente e espiritualmente. Esta é a filosofia que a chef Morena Leite apresenta nesta obra, que traz 95 receitas que refletem a essência de uma cozinha saudável, com ingredientes e temperos brasileiros e técnicas francesas (quente com frio, crocante com creme, sabor com estética), que foram apresentadas ao longo dos anos de vida do restaurante Santinho.

santinho2

Para quem desconhece, O Santinho nasceu em 2011, com o propósito de aliar arte e gastronomia, no Instituto Tomie Ohtake, em Pinheiros, em ambiente moderno, em sintonia com a proposta da instituição. Em 2013, a marca abriu sua segunda casa, no Museu da Casa Brasileira, no Jardim Europa, em um grande terraço com deck aberto para uma área verde de 6.000 m2 com mais de 200 exemplares de árvores. A unidade dentro do Theatro Municipal de São Paulo, endereço nobre do centro da cidade, foi inaugurada em 2015, consagrando sua presença em espaços culturais. Anualmente, o restaurante Santinho ganha uma versão pop up dentro da SP-Arte, a maior feira de arte contemporânea da América Latina. O Santinho foi eleito pelo júri especial da revista Veja SP Comer & Beber 2014/2015 como o melhor restaurante de comida bufê de São Paulo.

A noite de autógrafos será quarta-feira (07/dezembro), a partir das 19h30, no Santinho do Instituto Tomie Ohtake, onde começou a trajetória de sucesso da marca. Vou correndo buscar o meu….livro bacana e um ótimo presente para 2016 que foi intenso em todas as suas esferas! Rs

Ficha técnica:

Título: Santinho – Comida Para Compartilhar
Autora: Morena Leite
Ilustrações: Camilla Sola
Fotos: Antônio Rodrigues
Editoras Gaia e Boccato, São Paulo, 2016.
Páginas: 252
Formato: 25 cm x 2,0 cm x 25 cm
Preço: R$ 169,00

Versão moderna de O Quebra-Nozes em curta temporada!

theatro

Ver o Balé O Quebra Nozes é um passeio clássico entre os paulistanos, nos finais de ano! E este ano o Balé da Cidade de São Paulo, apresenta uma versão mais moderna da encantadora obra de Tchaikovsky.

Nada de fantasioso e infantil na versão inédita e contemporânea de O Quebra-Nozes , que estreia no Theatro Municipal no próximo dia 09 de novembro e a pequena temporada segue até o dia 13, sendo que de quarta a sábado, às 20h, e no domingo, às 17h. A Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo (OSM), sob a regência do maestro Eduardo Strausser, participará de todas as apresentações.

theatrostrip_68420_1_web

A diretora artística da companhia, Iracity Cardoso, explica que a ideia de fazer uma releitura de “O Quebra-nozes” existe desde 2014. “Graças ao diretor, que aderiu à proposta, vamos fazer uma coreografia mais inspirada nos pensamentos do compositor e suas angústias. Por isso, a participação ao vivo da OSM neste espetáculo abrilhanta ainda mais essa encenação”, ressalta.

A história é baseada no conto “O Quebra-nozes e o Rei dos Camundongos” do escritor romântico Ernst Theodor Hoffmann. A intenção desta montagem moderna é que  o público terá a sensação de que estará assistindo um filme com os comentários do diretor.

Uma das escolhas do coreógrafo foi também trazer a história clássica para os dias atuais. “Nossas relações pessoais estão cada vez mais intermediadas por dispositivos eletrônicos, o celular te avisa de tudo atualmente. É um bombardeio de informação que até nos deixa um pouco alienados”, afirma.

Nesse mundo, estará a Clara, personagem principal do Quebrakovsky. Com dois atos, o espetáculo contará a jornada de uma garota acostumada com o comportamento mais dependente das inovações tecnológicas, mas que no decorrer da história vai aprendendo novas formas de se relacionar. Um dos responsáveis por essa mudança será o par romântico da personagem principal.

Como na história tradicional, quando as cortinas se abrem é véspera de Natal. No entanto, os personagens não se importam com a data, todos estarão na expectativa da final de um programa de talentos, o “The Nuts Talent Show”.

A produção televisiva terá os mesmos moldes das criações internacionais importadas e será mais explorada no segundo ato. “Com suas inúmeras versões no mundo, O Quebra-nozes é uma franquia hoje, igual a esses programas. Por isso eu quis fazer uma crítica ao que a gente entende por entretenimento”. Além disso, as danças espanhola, árabe e chinesa que estão na história tradicional na segunda parte do espetáculo, aparecerão com releituras na montagem do Balé da Cidade durante o programa “The Nuts Talent Show”.

Para esta montagem, alguns recursos tecnológicos também serão usados. É o caso do “Video Mapping”, onde projeções irão flutuar por entre os cenários acompanhando o movimento dos 31 bailarinos da companhia que estarão no palco.

Queridissimos, para os amantes da arte clássica, é um passeio imperdível! Eu estarei lá para ver toda esta maravilha!

SERVIÇO
Theatro Municipal de São Paulo
09/11 qua 20h – 10/11 qui 20h – 11/11 sex 20h – 12/11 sáb 20h – 13/11 Dom 17h
Quebrakovsky – The Nuts Talent Show
Balé da Cidade de São Paulo
Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo – OSM

A Capital Paulista recebe a quarta edição da Expoceviche

©Two Clicks Fotografia

©Two Clicks Fotografia

Se você é um daqueles aficionados por um dos pratos mais relevantes da comida peruana….então você não pode ficar de fora da 4º edição da Expoceviche. No proximo final de semana, a Capital paulista ganha as artes e os sabores do Peru, na Capital paulista, que neste ano acontece nos dias 5 e 6 no Memorial da América Latina.

Idealizada pelo crítico gastronômico peruano Oscar Vasquez-Solis e com apoio do  Consulado Geral do Peru em São Paulo, o evento cultural gastronômico deste ano terá como tema a cultura afroperuana e ressaltará a presença marcante da raça negra na gastronomia, música, dança e artesanato local.

A programação, das 11h às 19h – em ambos os dias, destaca uma série de atividades preparadas especialmente para os interessados em conhecer o legado e influência da cultura africana no Peru com shows, performances, oficinas e palestras como apresentações dos artistas Adriana Mezzadri (peruana, filha de pai brasileiro e mãe peruana, que mostra canções de Chabuca Granada -sábado, às 14h30); Danielle Almeida (brasileira que residiu durante muitos anos no Peru, é grande conhecedora das músicas negras latino-americanas e chega acompanhada da banda Negra de Peru – sábado, às 16h10 e domingo, às 14h); Pithy Cajonero (percussionista brasileiro faz uma Gran Cajoneada com o tradicional cajón afroperuano – sábado, às 15h30);  Juan Varillas (cajonero e percussionista peruano que vem ao Brasil especialmente para dar aulas de cajón na Expoceviche – domingo, às 15h) e a banda Fina Estampa (interpretando um repertório de músicas criolla peruana e afroperuana – sábado, às 17h e domingo, às 15h30). O evento conta ainda com apresentação de dança e flash mob no espetáculo “Ritmos Negros Del Peru”. 

© Two Clicks Fotografia

© Two Clicks Fotografia

Nesta edição, a  Expoceviche contará com  30 barracas – que oferecem comidas e bebidas típicas como  os diferentes tipos de ceviche, o carro-chefe do evento, anticucho (espetinho de coração de boi), tiraditos e  causas (pratos frios);  lomo saltado e arroz com frutos do mar (pratos quentes); e turron, mazamorra e chica (doces), além do famoso pisco (aguardente de uva), pisco sour e chilcanos (pisco puro com refrigerante) – comandadas por renomados chefs peruanos como Edgard Villar (Rinconcito Peruano), Marisabel Woodman (La Peruana Cevicheria), Christian Bascones (Huaco Restobar) e Marco Espinoza (Lima Restobar). O autor Walcyr Carrasco foi nomeado embaixador da culinária peruana no Brasil e recebe homenagem no sábado (5), às 14h.

Mais um detalhe, a entrada do evento é GRATUITA, ou seja dar uma espiadinha é quase uma obrigação gastronômica! rs      

 SERVIÇO – 4ª EXPOCEVICHE
Local: Memorial da América Latina – Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda, São Paulo.

Datas:  05 e 06 de novembro.
Telefone para informações: (11) 99560.0360 e  98888.9261
Observações: entrada livre e gratuita.