Via Castelli lança seu intenso Festival de Sopas!

www.tbfoto.com.br VIA CASTELLI - Sao Paulo/SP, BRASIL - 20/04/2016 Foto: Tadeu Brunelli ATENCAO: Toda foto deve ser publicada com o credito do autor, na sua integra sem cortes ou modificacoes, de acordo com a Lei Nº 9.610 de 19/02/1998.

A dica gourmet da semana é ideal para quem busca aconchego e calor para a alma e para seu estomago..rs..e claro para quem adora uma sopinha, como eu! Localizado há mais de 30 anos no bairro de Higienópolis, o Via Castelli acaba de lançar seu tradicional buffet de sopas e caldos, que fica em vigor até o fim do inverno.

A cada dia da semana, incluindo sábados e domingos, são oferecidas diferentes receitas das 18h30 às 23h. Os clientes podem se servir à vontade de quantos sabores quiserem pelo valor fechado de R$34,90. Para acompanhar, croutons de pão italiano temperado com alho, queijo ralado, cheiro verde e azeite. Confira abaixo as criações do chef para essa temporada.

www.tbfoto.com.br VIA CASTELLI - Sao Paulo/SP, BRASIL - 20/04/2016 Foto: Tadeu Brunelli ATENCAO: Toda foto deve ser publicada com o credito do autor, na sua integra sem cortes ou modificacoes, de acordo com a Lei Nº 9.610 de 19/02/1998.

BUFFET DE SOPAS

Caldo verde – creme de batata com paio e couve mineira.
Creme de ervilhas – batatas, cebola, alho, bacon e ervilhas frescas.
Creme de legumes – batatas, cebola, cenoura, alho poró, repolho e azeite.
Sopa de cebola – Caldo de carne, cebola, farinha de trigo, shoyu e azeite.
Creme de cenoura – batatas, cenoura, cebola, alho, alho poró e azeite.
Sopa de grãos com hortaliça – Grão de bico, alho, cebola, azeite e espinafre.
Creme de frango – batatas, alho poró, folhas de louro, cenoura, mandioquinha, azeite, salsa picada e pequenos pedaços de frango.
Canja de galinha – galinha, hortelã, cenoura, cebola, alho, folhas de louro, alho poró, massinha rosmarino e azeite.
Minestrone – Abóbora, batatas, cebola, cenoura, vagem, músculo, repolho, alho poró, abobrinha e azeite.
Canjica Trasmontana – Pé de porco salgado, costelinha de porco salgada, canjica branca, cenoura, alho poró, brócolis, cebola, linguiça calabresa e azeite.
Creme de palmito

 A casa dispõe de opções para delivery pelo valor de R$32,90 (500ml), acompanhadas de pão.

 A temporada é uma boa oportunidade de conhecer a casa, que se tornou referência na região. O ambiente é rústico e descontraído, com um antigo relógio de sol na fachada e um enorme pé de jaca no centro do salão principal com mais de 90 anos. Na entrada, um piano bar figura ao lado da adega climatizada.

 

VIA CASTELLI
Martinico Prado, 341 – Higienópolis

Tel: (11) 3662-2999. Capacidade: 180 pessoas.
Cartões de crédito: todos. Cartões de débito: todos.
Horários de funcionamento: Domingo a 5ª 11h30-00h30/6ª, sábados e feriados 11h30-1h.
Acesso para deficientes físicos com rampa e banheiro adaptado. Não possui área para fumantes. Ar-condicionado. Wifi gratuito. Estacionamento com manobrista R$12.

www.viacastelli.com.br

Imagens: Tadeu Brunelli

Exposição “Atletas de Corpo e Alma” estréia em Julho, no Rio.

Flavio Canto cred Gustavo Malheiros_baixa

A dica hoje é para quem quer pegar o embalo para as próximas olimpiadas que está preste a acontecer aqui no nosso país que apesar de tudo e de todos, continua sendo para mim o melhor lugar do mundo! Em “Atletas de Corpo e Alma”, exposição de Gustavo Malheiros dentro da programação oficial do FotoRio 2016, as fotos mostram momentos únicos de atletas e paratletas de diferentes modalidades. As imagens buscam capturar e transmitir momentos além das rotinas de treinos e competições – mas a forte paixão pelo esporte e aquele exato momento em esporte e vida se fundem em um só caminho.

Angélica Kvieczynski cred Gustavo Malheiros_baixa

Junto com medalhistas olímpicos e lendas do esporte brasileiro, estão jovens na busca de um sonho – e fotos que revelam histórias de dedicação e determinação, focando em um objetivo que é vencer pelo esporte. Em alguns casos, a vitória não está na medalha, mas na própria possibilidade de mudar a realidade e o destino de sua vida e de sua família.

A exposição tem curadoria de Milton Guran e abre dia 5 de julho no Centro Cultura da Justiça Federal. O patrocínio é da empresa TIVIT, líder em serviços integrados de Tecnologia na América Latina.

Roberto Custódio 2 cred Gustavo Malheiros_baixa

 

Gustavo Malheiros

Formado pela School of Visual Arts de Nova York, Gustavo Malheiros trabalhou com o renomado fotógrafo Bruce Weber no início de sua carreira. Já teve realizou exposições de seus trabalhos em Londres, Hong Kong, Madri, Turim, Paris e Nova York, além de Rio de São Paulo.

Seus livros publicados são: Superação, O Coração do Brasil, Anônimos Famosos 1 e 2, O Livro das Águas, Ilhas Brasileiras, Amazônia, Foi no Carnaval que Passou, Pedra e Luz, Backstage, O Circo, Todos os Tons do Cerrado e BrazilYorkers.

Sobre o FotoRio 2016

Com um calendário que se inicia em junho, em diferentes espaços culturais da cidade, o FotoRio tem entre suas metas difundir e valorizar a Fotografia

Centro Cultural da Justiça Federal
Av. Rio Branco, 241 – Centro

Tel: (21) 3261-2550

Atletas de Corpo e Alma – Gustavo Malheiros
Abertura: 05 de julho | 19h às 21hs
Datas: 06 de julho a 28 de agosto
Horário: 3ª a domingo das 12h às 19h

14o edição da Flip começará em breve, em Paraty!

Flip-2016

A Flip (Feira Literária Internacional de Paraty) acontece este ano entre os dias 29 de junho e 03 de julho e chega a sua 14º edição. O grande homenageado da vez é Ana Cristina Cesar, expoente da poesia que fundou uma vertente marcante do estilo brasileiro contemporâneo.

Ao longo de suas edições, a Flip ficou conhecida como um dos principais festivais literários do mundo, caracterizada não só pela qualidade dos autores convidados, mas também pelo entusiasmo do público e pela hospitalidade da bela cidade de Paraty.

Com a presença de autores mundialmente respeitados, como Julian Barnes, Don DeLillo, Eric Hobsbawm e Hanif Kureishi, a primeira Festa Literária Internacional de Paraty, realizada em 2003, inseriu o Brasil no circuito dos festivais internacionais de literatura.

Flip-Festa-Literária-Internacional-de-Paraty-e1429984671581

Ao longo de suas edições seguintes, a Flip ficou conhecida como um dos principais festivais literários do mundo, caracterizada não só pela qualidade dos autores convidados, mas também pelo entusiasmo do público e pela hospitalidade da cidade. Nos cinco dias de festa, a Flip realiza cerca de 200 eventos, que incluem debates, shows, exposições, oficinas, exibições de filmes e apresentações de escolas, entre outros, distribuídos em Flip .

 
 
Programação completa FLIP 2016

quarta-feira, 29/06/2016

19h00 | sessão de abertura – Em tecnicolor
Armando Freitas Filho Walter Carvalho

19h45 | sessão de cinema
Manter a linha da cordilheira sem o desmaio da planície

21h45 | Sarau

quinta-feira, 30/06/2016

10h00 | mesa 1 – A teus pés
Annita Costa Malufe
Laura Liuzzi
Marília Garcia

12h00 | mesa 2 – Cidades refletidas
Francesco Careri
Lúcia Leitão

15h00 | mesa 3 – Os olhos da rua
Caco Barcellos
Misha Glenny

17h15 | mesa 4 – Histórias naturais
Álvaro Enrigue
Marcílio França Castro

19h30 | mesa 5 – Matéria cinzenta
Henry Marsh
Suzana Herculano-Houzel

21h30 | mesa 6 – Na pior em Nova York e Edimburgo
Bill Clegg
Irvine Welsh

sexta, 01/07/2016

10h00 | mesa 7 – Breviário do Brasil
Benjamin Moser
Kenneth Maxwell

12h00 | mesa 8 – A história da minha morte
J. P. Cuenca
Valeria Luiselli

15h00 | mesa 9 – O show do eu
Christian Dunker
Paula Sibilia

17h15 | mesa 10 – Encontro com Karl Ove Knausgård
Karl Ove Knausgård

19h30 | mesa 11 – mesa a confirmar

21h30 | mesa 12 – Sexografias
Gabriela Wiener
Juliana Frank

sábado, 02/07/2016

10h00 | mesa 13 – Encontro com Leonardo Froés
Leonardo Fróes

12h00 | mesa 14 – De Clarice a Ana C.
Benjamin Moser
Heloisa Buarque de Hollanda

15h00 | mesa 15 – Encontro da arte com a ciência
Arthur Japin
Guto Lacaz

17h15 | mesa 16 – Encontro com Svetlana Aleksiévitch
Svetlana Aleksiévitch

19h30 | mesa 17 – O falcão e a fênix
Helen Macdonald
Maria Esther Maciel

21h30 | mesa 18 – O palco é a página
Kate Tempest
Ramon Nunes Mello

domingo, 03/07/2016

10h00 | mesa 19 – Síria mon amour
Abud Said
Patrícia Campos Mello

12h00 | mesa 20 – Mixórdia de temáticas
Ricardo Araújo Pereira
Tati Bernardi

14h00 | mesa 21 – Sessão de encerramento: Luvas de pelica
Sérgio Alcides
Vilma Arêas

16h00 | mesa 22 – Livro de cabeceira

1900 Pizzeria promove curso de pizza para crianças nas férias.

1900

Férias chegando e não sabe o que fazer com os filhos ?!? Bem a 1900 Pizzeria teve uma idéia genial e vai  realizar no dia 27 de julho, a edição “Mãozinha na Massa”, com dois horários de oficinas de pizzas especiais para crianças. O objetivo é introduzir de forma divertida o lado cultural contando a história da pizza, curiosidades, sua origem e transformações, além da história da 1900, que inaugurou em 1983 sua 1ª unidade na Vila Mariana.

As crianças de 05 a 14 anos terão a oportunidade de colocar a mão na massa para preparar sua própria pizza, desde a estruturação da redonda até a escolha dos ingredientes, colocá-la ao forno e levar para casa.  

1900 criancas  

As oficinas serão realizadas na unidade Morumbi nos horários da 13h30 e 15h00, com duração de aproximadamente 40 minutos cada. As inscrições custam R$ 80 por criança e são feitas pelo sitewww.1900.com.br/inscricao.

Os pais aguardarão seus filhos em uma área onde poderão acompanhar a oficina. No final, as crianças recebem um kit com ingresso para o Kidzania, além de ter sua foto publicada na página da 1900 no Facebook.

1900 Pizzeria – Mãozinha na Massa
27/07/2016 – quarta-feira
Horários: 13h30 | 15h

Local: 1900 Morumbi (Rua Doutor Fonseca Brasil, 282)
Valor: R$ 80
Vagas limitadas – 15 crianças (por horário).
Inscrições: www.1900.com.br/inscricao

Museus com restaurantes e jardins para celebrar Dia dos Namorados!

Que tal comemorar o Dia dos Namorados em um ambiente diferente? Diversos museus da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo possuem restaurantes para um almoço ou jantar especial. Quem for durante o dia, poderá aproveitar para conhecer as exposições das instituições e  visitar belos jardins que deixarão o passeio ainda mais romântico.

Confira algumas sugestões de Museus com restaurantes e jardins para passar o Dia dos Namorados:

Museu da Imagem e do Som – MIS

MIS

O MIS é mais do que um centro de documentação de legados artísticos de imagem e som, é um espaço de encontro para a população de São Paulo. Oferece programação artística plural, contemplando diferentes linguagens e técnicas. No local também há o restaurante Chez MIS, com um cardápio contemporâneo, inclui entradas, sanduíches e pratos elaborados, o ambiente descolado tem vista do jardim do museu e é perfeito para um jantar a dois.

Serviço
Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo
Chez Mis- Terça a sexta-feira: das 12:00 até meia-noite, sábado: das 12:30 até meia-noite e domingo: das 12:30 até 17:00.
Informações e reservas: (11) 3467.3441 – infos@chezmis.com.br
www.mis-sp.org.br

Museu da Casa Brasileira

museu casa brasileiro

Localizado em plena Avenida Brigadeiro Faria Lima, o Museu da Casa Brasileira abriga o restaurante Santinho MCB, comandado pela chef Morena Leite, que traz sabores da casa brasileira em buffet de almoço, pratos à la carte e lanches, de terça a domingo. O espaço possui ainda um lindo jardim com 6.600m², ideal para se sentir mais próximo à natureza em meio a uma das avenidas mais movimentadas de São Paulo.

Serviço
Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano – São Paulo-SP
(11) 3032-3727 / 3032-2564
Restaurante Santinho
Informações e reservas: (11) 3032.2277 ou mcb.reservas@restaurantesantinho.com.br
www.mcb.org.br

Pinacoteca do Estado

flor-cafe-02

A Pinacoteca do Estado é o museu de arte mais antigo da cidade de São Paulo e um dos mais importantes do Brasil. O edifício projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo apresenta estilo neoclássico. Construído em alvenaria de tijolos, os pisos são revestidos de mármore e de lajotas cerâmicas, as portas em madeira trabalhada e a cobertura em telhas francesas. No espaço, localizado na Praça da Luz, s/nº, os casais podem optar por degustar do cardápio da Cafeteria Flor Café, que oferece diversas opções para lanches e almoços rápidos.  Aproveite para visitar as exposições do espaço e conhecer o acervo.

Serviço
Praça da Luz, 02 – Luz, São Paulo – SP
Telefone: (11) 3324-1000
Flor Café
Informações e reservas: (11)3313-1583
Horário Ter. e qua., 10h-17h30; qui., 10h-17h30; sex. e sáb., 10h-17h30.
www.pinacoteca.org.br

Museu de Arte Sacra

museu arte sacra

Muitas pessoas não sabem, mas o Museu da Arte Sacra, localizado na Avenida Tiradentes, possui um lindo jardim interno com bancos para descanso, um delicado gramado e plantas baixas. Ótima opção de descanso para quem quer fazer um tour tanto pelo Museu da Arte Sacra quanto pelos outros da região – Pinacoteca, Estação Pinacoteca e Memorial da Resistência.

Serviço
Av. Tiradentes, 676 – Luz – São Paulo-SP – Metrô Tiradentes (60m)
Telefone: (11) 3326.3336
Funcionamento: de terça a sexta, das 9h às 17h; sábados e domingos, das 10 às 18h.
R$ 6,00 | Grátis aos sábados
Entrada gratuita para maiores de 60 anos, crianças até 7 anos, professores da rede pública (com identificação) e até 4 acompanhantes
www.museuartesacra.org.br

Casa das Rosas

CasaDasRosas

Localizada na Avenida Paulista, a Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura é um dos poucos exemplares de mansões da avenida que sobrevivem ao tempo. O espaço, conhecido como “casa da poesia”, oferece cursos, oficinas, exposições e eventos como a Virada da Poesia e o Arraiá da Casa das Rosas. Seu jardim, repleto de rosas, é considerado um dos mais bonitos da cidade. Há sempre programação cultural no jardim do espaço como exibição de filmes.

Serviço:
Av. Paulista, 37 – Bela Vista – São Paulo-SP
Estação Brigadeiro do Metrô (850m)
(11) 3285-6986 | 3288-9447
Funcionamento: de terça a sábado, das 10h às 22h | domingos e feriados, das 10h às 18h.
Grátis
www.casadasrosas.org.br

 

Museu da Imigração

museu-da-imigracao-sp

Reinaugurado em 2014, o Museu da Imigração fica na Mooca e tem um jardim que mais se parece um parque, com 2.900m², que atrai muitos visitantes do bairro. Possui várias espécies de árvores e plantas, entre elas duas figueiras com mais de meio século de existência. Ótimo para piqueniques, encontros, leituras e até prática de yoga, o espaço conta com mobiliários rústicos para os visitantes aproveitarem ainda mais o espaço. Há sempre programação cultural no gramado, com música, dança, cinema e teatro.

Serviço
Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 1316, no bairro da Mooca, em São Paulo.
Telefone (11) 2692-1866
O horário de funcionamento é de terça a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos e feriados das 10h às 17h.
R$ 6,00 |  Grátis aos sábados.
http://museudaimigracao.org.br/

 

Museu Afro Brasil

afro01GD

Localizado no Parque Ibirapuera, em um dos mais conhecidos e visitado de São Paulo, o Museu Afro Brasil reúne um acervo com mais de 6 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidos entre o século XVIII e os dias de hoje.  Além das atrações do museu, o visitante também conta com uma área verde do Parque de 1,584 km², três lagos artificiais, pista de cooper, parque infantil, ciclofaixa, bicicletário, quadras poliesportivas, campos de futebol, aparelhos de ginástica, entre outras tantas atrações.

Serviço:
Museu Afro Brasil
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Parque Ibirapuera – Portão 10
Telefone: 11 3320-8900
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h
R$ 6,00 | Grátis aos sábados
www.museuafrobrasil.org.br

 

 

Livro revela cultura alimentar do Brasil, França, Itália, Índia e Japão !

Capa

Cinco chefs, cinco tradições culinárias e 50 receitas inspiradoras. Essa é a proposta da obra O Sabor da Arte, que será lançada, em noite de autógrafos, nos dias 07/06/16, no Museu da Casa Brasileira, no Jardim Europa, e em 09/06, na Livraria da Vila, em Pinheiros, em São Paulo. Com textos do jornalista gastronômico Xavier Bartaburu e fotos de Romulo Fialdini, a obra analisa as relações entre cultura e alimentação dos cinco países reconhecidos como os de culinária mais saudável do mundo, Brasil, França, Itália, Índia e Japão. Ao final, traz, ainda, um glossário com ingredientes identificados por médicos e nutricionistas como “superalimentos”, ricos em antioxidantes e fitonutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo, com verbetes que vão de “abóbora” a “tubérculos e raízes”.

Assim, a chef Morena Leite (dos restaurantes Capim Santo e Santinho) se dedica à culinária brasileira; Tatiana Cardoso (do premiado Moinho de Pedra) assina as receitas da culinária italiana; Danielle Dahoui (do charmoso Ruella), a culinária francesa; Madhava Lila (do pioneiro Gopala) ensina receitas da tradição indiana e Shinya Koike (dos restaurantes Aizomê e Sakagura A1), as japonesas. Alguns dos chefs mais importantes em atuação no cenário gastronômico brasileiro. “Japão, França e Itália têm a população mais longeva do mundo. A Índia, por sua vez, desenvolveu há 4 mil anos um sistema de cura baseado na alimentação. Quanto ao Brasil, a ideia foi revelar o quanto a nossa dieta tradicional é equilibrada do ponto de vista nutricional”, explica o autor Xavier Bartaburu.

Com produção executiva e organização de Kazue Kodama, o projeto levou um ano para ficar pronto. De caráter sociocultural e educacional, O Sabor da Arte terá 70% de sua tiragem doada à ADJ Diabetes Brasil, organização sem fins lucrativos que há 36 anos promove educação para pessoas com diabetes, familiares, profissionais de saúde e comunidade.

Ficha técnica:

Título: O Sabor da Arte
Autor: Xavier Bartaburu

Fotos: Romulo Fialdini
Ipsis Gráfica e Editora, São Paulo, junho de 2016.
Formato: 24 cm x 25 cm
Páginas: 192 páginas.
Preço: R$ 79,90
Onde comprar: nas principais livrarias do país
Vendas on-line: www.livrariadavila.com.br
Contato: Tel. 11 3675-3266 (ADJ Diabéticos Brasil, www.adj.org.br)

Chef Ana Luiza Trajano lança café da manhã com a cara do Brasil!

Brasil a gosto

Novidade bacana para quem curte um café da manhã caprichado e lotado de autenticidade! A chef Ana Luiza Trajano traz para seu restaurante Brasil a Gosto mais uma experiência gastronômica…A Casa oferecerá a partir do dia 21 de maio, um café da manhã completo com tudo que tem de bom da nossa gastronomia.

brasil a gosto

Bolo de fubá, cuscuz de tapioca com coco, queijo da Serra da Canastra, pão de queijo e outros quitutes estarão disponíveis à vontade servidos à mesa ou no farto bufê. O valor por pessoa é R$75 por pessoa, crianças até 2 anos serão cortesia e de 3 a 12 anos pagarão 50% do valor. 10% de serviço e vallet não estão inclusos no valor.

Detalhe importante, o café dos sonhos será oferecido apenas um sábado por mês!

Confira o menu:

Bufê
Bolo de fubá
Bolo de formigueiro com ganache de chocolate
Pão delicia de catupiry
Salada de frutas
Cuscuz de tapioca com coco
Frios: Queijos minas e queijo da Serra da Canastra com goiabada
Bebidas: Suco de melancia, Suco de abacaxi, Suco de laranja, Café, Chá, Água sem gás, Água com gás

Servido à mesa
Pão de milho
Pão de queijo
Pão de leite
Ovos mexidos
Biscoito de polvilho
Manteiga aviação, manteiga caseira com alho e castanha de baru, queijo cremoso com pesto de cheiro-verde.

Imperdível!

Serviço
Brasil a Gosto
Professor Azevedo Amaral, 70 – Jardim Paulistano. Tel. (11) 3086-3565

Clássica sobremesa americana, o Cheesecake ganha Festival em São Paulo.

x cake

Amei a novidade! E se você é como eu um aficionado pela famosa torta doce de queijo, não pode perder esta novidade. De 16 de maio à 12 de junho o norte-americana, o P.J. Clarke’s vai servir menu exclusivo com três receitas de um dos ícones da cozinha do Tio Sam, o Cheesecake.

A sobremesa poderá ser encontrada nos seguintes sabores: Cheesecake de café, Cheesecake de canela e Cheesecake de goiabada cascão com queijo minas padrão. Todas as opções por R$19. Boa notícia aos amantes do doce é que há também a opção para degustação dos três sabores (R$ 25).

Amou? Então vai correndo…….

P.J. Clarke’s – Mário Ferraz
Rua Doutor Mário Ferraz, 568 – Itaim Bibi – São Paulo – Tel.: 11.3078.2965

P.J. Clarke’s – Oscar Freire
Rua Oscar Freire, 497 – Jardins – São Paulo – Tel.: 2579.2765

 

 

Brunch Weekend traz clima nova-iorquino a São Paulo, em maio!

brunch

Café da manhã com ar de almoço ou um almoço com ar de café da manhã? Esta é a proposta do Brunck Weekend que começa no próximo dia 07 e vai até o dia 29 de maio/16, essa refeição, originalmente inglesa, ganha a cada dia novos adeptos em São Paulo, e agora um festival inteiramente dedicado a ela.

A primeira edição vai reunir 20 casas da cidade – entre restaurantes, bares, cafeterias, hamburguerias, pubs e pâtisseries – em torno desse momento, que, mais do que um café da manhã prolongado, é uma celebração dos prazeres da vida.

Cada casa montou sua sugestão de brunch, à la carte, por R$ 49 por pessoa, incluindo uma taça de espumante Chandon ou um drinque típico de brunch feito com Chandon. Alguns participantes desta primeira edição são: A Pizza da Mooca, Befresh Restaurante, Bra.do, Camden House, Cateto (unidade de Pinheiros), Chez MIS, Chez Oscar, Clos Restaurante, Feed Food, Frank & Charles, La Cucina Piemontese, Laundry Deluxe, Mercearia do Conde, Restrô, Ruaa, Sweetshop e Table. O festival ocorre sempre aos fins de semana de maio, das 11 às 17 horas (dependendo do horário de funcionamento de cada casa).

Segundo a agência KRP, responsável por outros selos de sucesso como os festivais Burger Fest e Sanduweek, a ideia é trazer a São Paulo um pouco da cultura e do estilo nova-iorquino do brunch e agitar o cenário gastronômico da cidade, especialmente num ano de crise. “Não existe refeição mais divertida do que o brunch. No Brasil, o brunch sempre ficou muito restrito a hotéis. Nossa proposta é trazer a verdadeira alma do brunch, que alia gastronomia e coquetelaria”, explica Kelly Lobos, sócia da KRP e uma das idealizadoras do evento.  “Faltava um festival assim na cidade. Foi a cultura do brunch nova-iorquino que popularizou pelo mundo drinques clássicos como Mimosa e Bellini”, explica Paola Mastrocolla, gerente de Marketing da Chandon. 

Menu: viagens gastronômicas

Brunch Restrô; Deliciosa combinação de dois ovos fritos com refogado de espinafre, rucula e manjericão, banana da terra grelhada, tomates sweet grape feitos na chapa com azeite de alho, laminas de abacate e copa lombo artesanal com crosta de pimenta preta e torradas de pão de cereais integrais. Acompanhado de taça de Chandon Rosé e uma delicada fatia de torta de ricota com calda de morangos frescos.

Brunch Restrô; Deliciosa combinação de dois ovos fritos com refogado de espinafre, rucula e manjericão, banana da terra grelhada, tomates sweet grape feitos na chapa com azeite de alho, laminas de abacate e copa lombo artesanal com crosta de pimenta preta e torradas de pão de cereais integrais. Acompanhado de taça de Chandon Rosé e uma delicada fatia de torta de ricota com calda de morangos frescos.

O “pequeno” café ou almoço tardio, perfeito para os dias de preguiça, em que se acorda mais tarde, trará itens típicos de café da manhã (pães, bolos, sucos, frutas, geleias), os clássicos do brunch americano (panquecas, muffins, french toast, cinnamon rolls), mas também pratos mais reforçados (batatas, ovos com bacon, ovos Benedict, salada com salmão etc.).  Cerca de 50 receitas de brunch foram criadas para esta edição do festival. A inspiração foi Nova Iorque, mas cada casa criou um menu com o seu DNA e ingredientes próprios. Em todos, estão os drinques feitos com o espumante Chandon e as suas variedades Chandon Réserve Brut (uvas Chardonnay, Pinot Noir e Riesling Itálico) e Chandon Passion (espumante de tons rosados, feito a partir das uvas Malvasia Bianca, Malvasia de Cândia e Moscato Canelli). 

O Mimosa Chandon é o drinque oficial do evento, presente em todas as casas. A receita utilizada é a clássica de espumante com suco de laranja. Criado no Ritz de Paris, em 1925, o Mimosa é um drinque leve e elegante. Na essência, é uma variação dos fizzes ingleses (que incluem grenadine) e foi batizado com o nome de uma flor delicada e inspiradora. Outro drinque atemporal e sedutor, presente em muitos dos menus do festival, é o Bellini Chandon (espumante com purê de pêssego). Criado no Harry’s Bar de Veneza, em 1948, a receita original é feita a partir do sumo de pêssegos brancos frescos. Foi uma homenagem de Giuseppe Cipriani, dono e fundador do lendário Harry’s Bar, ao pintor veneziano Giovanni Bellini (1430-1516), que gostava de usar em seus quadros os tons de pêssego. Ambos os drinques têm como tradição serem servidos em uma taça flûte.

Nesse clima de cores e sabores, chefs premiados, como Elisa Hill, do gastropub Camden House (prêmio de melhor cozinha de bares da cidade, segundo o júri da Comer & Beber 2015, da Veja São Paulo); Arnor Porto (prêmio de chef pâtissier, em 2012, pela revista Prazeres da Mesa), agora com espaço na Sweetshop, confeitaria em esquema de coworking, de Higienópolis; ou Adriana Cymes, conhecida banqueteira da cidade e à frente do Feed Food, em  Pinheiros, aceitaram o desafio de criar receitas exclusivas para o evento e ampliar o horário de funcionamento de suas casas para atender ao festival.

Cada chef dará o toque de sua culinária ao festival. Haverá, por exemplo, desde brunch de inspiração no Norte da Itália (como o proposto pelo casal de chefs Leandro Polack e Leslie Manzini no La Cucina Piemontese, de Alphaville) até os de sotaque portenho e espanhol (caso dos restaurantes Bra.do, Clos e Ruaa). A chef Flávia Marioto (da colorida Mercearia do Conde, na Joaquim Antunes, restô que completa 25 anos em 2016) oferecerá a Mimosa Chandon com uma variação, suco de mexerica orgânica (vinda da fazenda da família das sócias), um clássico da casa, ao lado de acompanhamentos como tostada no pão lituano de grãos com gravlax de salmão, abobrinha grelhada, dill e chèvre. Para o festival, o bar Cateto, de Pinheiros, mantém a ênfase nos queijos e embutidos de pequenos produtores, servidos em tábuas, e harmonizados com Mimosa Chandon e criações do bartender da casa, como os drinques Bourbon Merry (bourbon, suco de tomate da casa com pimentas biquinho & bacon) e Bees Knees (gim, suco de limão siciliano e mel).

O gastropub inglês Camden House, na Vila Olímpia, ou o contemporâneo Table, dos Jardins, que já oferecem tradicionalmente brunch, montaram combos exclusivos para o festival, com opções recheadas de clássicos como panquecas,  rabanadas ou French Toasts (pain perdu ou torrada francesa, a nossa rabanada, mas no pão de forma) e os Eggs Benedict. O prato é originalmente nova-iorquino. O casal Le Grand Benedict, dois clientes tradicionais do restaurante Delmonico, de Nova Iorque, é responsável pela criação, em 1920. Enfadada com as opções do menu, a senhora Le Grand Benedict pediu algo original. Como resposta, o restaurante criou o que se tornaria um clássico de brunch pelo mundo afora: ovos pochés, com presunto salteado na manteiga, cobertos com molho holandês e servido sobre muffins ou torradas.

Os ovos Benedict também estarão no menu da Laundry Deluxe, nos Jardins, uma lavanderia gourmet com bar, restaurante e galeria de arte. Lugar descolado que vale, por si só, a visita (nunca lavar roupa foi algo tão prazeroso na cidade). Caso também do Chez MIS, sob o comando do jovem chef Raphael Cesana, no Jardim Europa. Erguido atrás do Museu da Imagem e do Som (MIS), o restaurante é inundado pela luz natural e tem uma vista relaxante para os jardins do museu. Cenário idílico para um brunch, antes ou depois de uma visita às exposições de arte. Com tantas opções, cada fim de semana terá um clima de festa na cidade e os restaurantes vão se transformar em “brunch spots”, pontos de encontro de amigos e gourmets. Festival cosmopolita e astral, para celebrar as delícias da vida, sem pressa.

 Serviço:

Brunch Weekend

Tel. 11 3086-3550

Instagram: @brunchweekend

Facebook: /BrunchWeekend

Festival de hambúrguer apresenta criações de blogueiros

www.tbfoto.com.br CHIPS BURGER - SP/SP - 23/07/2015 Foto: Tadeu Brunelli ATENCAO: Toda foto deve ser publicada com o credito do autor, na sua integra sem cortes ou modificacoes, de acordo com a Lei Nº 9.610 de 19/02/1998.

Qualquer tamanho, preço ou sabor de hambúrguer ao preço fixo de R$ 49,99. Esse é o desafio lançado pela Chip’s Burger, tradicional lanchonete da Zona Norte de São Paulo. O “Desafio Chip’s”, que promove, de maneira inovadora na cidade, um rodízio de hambúrgueres, será oferecido na última semana do mês. De 25/abril a 01/maio, será possível comer qualquer um dos sanduíches do menu quantas vezes o cliente quiser – ou resistir.

A inovação, desta vez, será o menu. A casa chamou dois dos mais temidos críticos de hambúrgueres da cidade, Marcos Vigorito (criador do maior site de hambúrguer do Brasil, o Guia do Hambúrguer, que tem 72.600 seguidores no Instagram) e Fabricio Schibuola (do pioneiro blog Hambúrguer Perfeito, com 81.400 fãs de hambúrguer) para criarem uma receita exclusiva. A receita ficará disponível apenas na semana do Desafio Chip’s. A receita mais pedida nesse período será incorporada ao menu da casa posteriormente.

Marcos Vigorito, do Guia do Hambúrguer, criou o Black Bacon para o Desafio Chip’s. Sobre os 180g de hambúrguer somam-se queijo cheddar inglês, cebola caramelizada, bacon, maionese de alho negro no pão preto. Fabricio Schibuola aposta no Tex Burger como o “hambúrguer perfeito”. O sanduíche reúne 180g de hambúrguer, queijo Monterey Jack, maionese de bacon, jalapeño e cebola roxa grelhada no pão de hambúrguer.

Black Bacon

Black Bacon

Quem quiser ficar com os clássicos da casa, há os burgers assinados pelo premiado chef australiano Greigor Caisley, como o CFC (burger de frango frito com chutney de manga, cebola roxa, pimenta biquinho, tomate e alface), The Piggy (burger de porco com relish de pera, bacon, tomate, rúcula e maionese) ou o BBQ Burger (hambúrguer com blend de Kobe Beef de 180g, com relish de tomate, cheddar inglês, deliciosas fatias de bacon crocante, alface e cebola puxada no barbecue, no pão de hambúrguer).

Tex Burger

Tex Burger

Para harmonizar, há a carta de cervejas especiais da casa. As dicas são a belga La Chouffe, clássica cerveja do simpático gnomo que tem fã-clube em todo o mundo. É uma cerveja não-filtrada, loira, refermentada tanto na garrafa quanto em barris, possui notas cítricas, florais e um toque de banana. Outra opção que combina perfeitamente com os burgers do chef é a escocesa Brew Dog Punk IPA, de cor dourada, com intenso aroma de frutas tropicais, seguida por um paladar levemente maltado, delicadamente amargo e muito refrescante. Com tantas opções assim, o desafio não vai ficar só nos burgers.

Serviço:
Chip’s Burger
www.chipsburger.com.br
Rua Doutor César, 718 – Santana, São Paulo – SP – CEP: 02013-003
Tel. 11 2099-2803
Capacidade: 80 pessoas
Horário de funcionamento: de domingo a quinta, das 11h30 à 0h; sexta e sábado, das 11h30 às 2h
Abre todos os dias.